La construccion de hibridos globales de ciencia y politica para la resolucion...

La construccion de hibridos globales de ciencia y politica para la resolucion...

Instituto de Ciencias

La construccion de hibridos globales de ciencia y politica para la resolucion de problemas ambientales. Estudio de la incidencia de la Evaluacion de Ecosistemas del Milenio.

Em 2000 se produz o lançamento de um processo chamado de Avaliação         Ecossistêmica do Milênio, com o objetivo de contribuir desde o         conhecimento e valorização ambiental à formulação de políticas no marco das convenções multilaterais iniciadas ou reafirmadas em Rio 1992. No entendimento de um processo onde o conhecimento é organizado e avaliado         criticamente para sustentar eleições, essas avaliações se constituem num         particular híbrido da ciencia-política. Pretende-se contribuir ao debate numa interface frente a problemas ambientais complexos, à re-emergência de temas em relação com a natureza epistêmica da ciência e da natureza na construção democrática de políticas. Trata-se de conferir as hipóteses de que elas têm baixa incidência, o que só são alcançadas quando todos os participantes as consideram como legítimas, credíveis e relevantes. O teste do seu impacto então é limitado para o estabelecimento do tema na agenda e debate público, desde evidencias e propostas, mas não no desenho e implementação de políticas específicas e no monitoramento e avaliação, mostrando capacidade limitada para mudar os interesses, objetivos e ações dos Estados.

Suscripción al newsletter
Seguinos en