Las voces de la memoria en la novela argentina contemporanea: militantes, tes...

Las voces de la memoria en la novela argentina contemporanea: militantes, tes...

Instituto de Ciencias

Las voces de la memoria en la novela argentina contemporanea: militantes, testigos e hijos/as de desaparecidos/as (2000-2014)

Esta tese de doutorado analisou onze romances argentinos publicados entre 2000 e 2014, onde diferentes  atores escrever e reescrever - do presente - sentimentos, memórias, idéias e opiniões em torno dos anos ´60 e ´70 na Argentina, as lutas revolucionárias e os eventos que mudou o rumo de suas vidas para sempre. Para realizar este trabalho estabeleceu três séries literárias que distingui entre: vozes de militantes, testemunhas e as crianças. Isto me permitiu analisar cada vozes de contadores de histórias de romance e estabelecer ligações entre quem narrar essas ficções e os diferentes atores sociais que competem para diferentes sentidos e atualizações sobre como montar uma história de violência política e a repressão de estado na Argentina durante a década de 1970 no espaço público.

Suscripción al newsletter
Seguinos en