"Van a enterrar hasta el ultimo colonito". Resistencias politicas, economicas...

"Van a enterrar hasta el ultimo colonito". Resistencias politicas, economicas...

Instituto de Ciencias

"Van a enterrar hasta el ultimo colonito". Resistencias politicas, economicas y culturales de los colonos misioneros frente a la expansion y concentracion agroindustrial.

Esta pesquisa visou conhecer as formas de organização dos colonos yerbateros de Misiones (Argentina) no cenário contemporâneo. O objetivo central foi entender a relação entre as condições econômicas e sociais desse segmento de produtores familiares, os seus modos de construir representação política, seus reconhecimentos e identificações, suas formas de estabelecer classificações e distinções e os recursos estratégicos na hora de posicionar suas narrativas na cena pública. Considerou-se o caso específico da Associação de Produtores Agropecuários de Misiones (APAM) a fim de compreender em que medida as mudanças no peso e na composição dos segmentos capitalizados da produção familiar traduzem-se no mapa sócioinstitucional e nas demandas e modos de ação política dos atores agrários. A análise desta organização permitiu mostrar antagonismos e relações de poder no interior do complexo “yerbatero” conhecer as transformações da agricultura familiar e inserir os processos contemporâneos em uma dimensão histórica que mostra uma progressiva subordinação do ator colono. O caso de Misiones permite refletir sobre processos mais amplos do capitalismo que questionam a viabilidade da reprodução de um setor diferente do empresarial.

Suscripción al newsletter
Seguinos en