La escolarización hospitalaria como prácticas de cuidado de niños gravemente ...

La escolarización hospitalaria como prácticas de cuidado de niños gravemente ...

Instituto de Ciencias

La escolarización hospitalaria como prácticas de cuidado de niños gravemente enfermos

O objeto de estudo desta dissertação de mestrado são as praticas de cuidados das pessoas focadas à re/produção do seu bem-estar, em relação a sua saúde e sua educação. Os cuidados abrangem formas de socialização que corporeizamos e que se vinculam com a re/criação cotidiana da vida social, material e simbólica. Esta etnografia tem por objeto descrever e analisar as práticas de cuidado dos padecimentos das crianças e adolescentes com doenças graves internados, através do trabalho escolar que realizam cotidianamente com seus professores nos setores de internação pediátrica de um hospital público da área metropolitana (conurbano bonaerense). Para desenvolver esta pesquisa fiz um trabalho de campo em fases sucessivas durante os anos 2009-2011 em um hospital-escola da área metropolitana (conurbano bonaerense). Observar os cuidados dos padecimentos que fazem as professoras me permite realizar uma leitura política das práticas de cuidado de crianças gravemente doentes nos setores de internação. O hospital é uma instituição focada na atenção da saúde na que coexistem diversas lógicas praticas de cuidado dos padecimentos realizados por agentes estatais e da comunidade. As tensões que se produzem (ao menos) entre as cuidadoras visibilizam os conflitos nas atribuições e autorizações sobre os modos legítimos de socializar a estes sujeitos padecentes através dos cuidados. Estas disputas foram analisadas com maior clareza ao problematizar os processos de socialização que encarnam estas professoras como praticas de cuidado dos padecimentos, que envolvem um trabalho pedagógico escolar hospitalar. Embora, indico que nas instituições hospitalares estas disputas por legitimidade dos cuidados dos padecimentos também cobram sentido em torno às praticas médicas.

 

Suscripción al newsletter
Seguinos en